BIOGRAFIAS

                        Toulouse-Lautrec          

          

         Henri de Toulouse-Lautrec (1864-1901) morreu com apenas 37 anos. No entanto, embora sua vida tenha sido curta, ele a viveu intensamente, sempre à procura dos breves momentos de autenticidade dos seres humanos. Desde cedo seu talento firmou-se como independente e absolutamente original.

Apesar de ter nascido numa rica propriedade rural no sul da França, foi a vida urbana e agitada de Paris que Toulouse-Lautrec registrou de uma forma inconfundível em suas telas. Pintou os artistas de circo, as dançarinas, os freqüentadores dos bares e cabarés, as prostitutas e as pessoas anônimas. E o pintor soube registrar, com poucos mas perspicazes detalhes, os traços mais significativos desses personagens e de seus ambientes.

          A característica da pintura de Toulouse-Lautrec é a síntese, o contorno das figuras e a realidade representada, a temática é os ambientes interiores: o circo, o bar, o bordel. A natureza, quando aparece, é mero cenário, apresentado de forma imprecisa, não merecendo do pintor o mesmo cuidado, é evidente a economia de traços e cores ("Ivete Guilbert que saúda o público"-foto 08).

        Toulouse-Lautrec captou como nenhum outro artista, a sociedade e o ser humano para além da aparência de felicidade, sentimento presente no final do século XIX, chamados de “belle époque”.

      Datas principais:

1864 - nasce em Albi, sudoeste da França.

1878/79 - quebra ambas as pernas em duas quedas diferentes.

1882 - muda-se para Paris; estuda nos ateliês de Bonnat e de Cormon.

1884 - transfere-se para Montmartre.

1887 - aluga um estúdio próprio e divide seu apartamento com o Dr. Bourges.

1888 - pinta No Circo Fernando.

1889 - inauguração do Moulin Rouge.

1891 - desenha seu primeiro grande cartaz Moulin Rouge: La Goulue-

sucesso imediato.

1892 - pinta No Moulin Rouge.

1893 - sua saúde declina; muda-se para o apartamento da mãe, em Paris; desenha Jane Avril no Jardin de Paris.

1898 - expõe em Londres e conhece o Príncipe de Gales.

1899 - internado por alcoolismo numa clínica em Neuilly.

1901 - morre em Malromé.              

                                                                  foto 08