BIOGRAFIAS

                                                                     Van Gogh

       

         Para Vicent Van Gogh (1853-1890) o elemento fundamental da pintura era recriar a beleza dos seres humanos e da natureza através da cor.

Até dedicar-se completamente à sua arte, Van Gogh percorreu uma trajetória difícil. Nascido na Holanda, foi contemporâneo de muitos pintores e até se aproximou de alguns deles, como Toulouse-Lautrec e Gauguin. Mas, na verdade, foi uma pessoa solitária.

         Podemos dividir sua produção em quatro períodos, dos seus primeiros quadros, ainda da fase holandesa (1880), até a fase final, já próxima de sua morte (1890).

         No primeiro período sua pintura estava então ligada à tradição holandesa do claro-escuro e à preocupação com os problemas sociais. As cores que usava eram sombrias e seus personagens melancólicos, como aparecem por na tela Os Comedores de Batata.

Em 1881, depois de vários conflitos pessoais, volta para a casa da família, na Holanda. Mas em 1886 seguiu para Paris, começando uma nova fase de sua pintura, participa do movimento impressionista, mas logo o abandonou, pois procurava um novo caminho para sua arte.

Em 1888, deixou Paris e foi para Aries, cidade ao sul da França, onde passou a pintar ao ar livre. O sol intenso da região mediterrânea interferiu em sua pintura, libertou-se completamente de qualquer naturalismo no emprego das cores declarando-se um colorista arbitrário. Van Gogh apaixonou-se então pelas cores intensas e puras, sem nenhuma matização, pois elas tinham para ele a função de representar emoções.

          Entretanto, Van Gogh passou por várias crises nervosas e, depois de internações e tratamentos médicos, dirigiu-se, em 1890 para Anvers, uma cidade tranqüila ao norte da França. Em três meses apenas, pintou cerca de oitenta telas com cores fortes e linhas retorcidas("Trigal com corvos"-foto 09).

          Em julho do mesmo ano, Van Gogh suicidou-se, deixando uma obra composta por 879 pinturas, 1 756 desenhos e dez gravuras. Enquanto viveu não foi reconhecido pelo público nem pelos críticos, que não souberam ver em sua obra os primeiros passos em direção à arte moderna, nem compreender o seu esforço para libertar a beleza dos seres por meio de uma explosão de cores.

      Datas principais:

1853 - em 30 de março, nasce em Groot-Zundert, na Holanda.

1857 - em 1o.de maio, nasce seu irmão Theo.

1869 - primeiro emprego, na Galeria Goupil, Haia.

1873 - transferido para a filial londrina da Goupil. Pouco depois é demitido.

1876 - vai para Ramsgate. ainda na Inglaterra como

professor sem remuneração; torna-se pregador-assistente da Igreja Metodista.

1877 - vai para Amsterdam preparar-se para o Seminário Teológico. 1878 - abandona os estudos e vai para Borinage, Bélgica, como pregador evangélico.

1880 - decide tornar-se pintor; toma aulas de perspectiva e de anatomia.

1885 - morre seu pai; pinta (Os Comedores de Batatas).

1886 - vai para Paris e é acolhido por Theo.

1887 - conhece Degas, Pissarro, Seurat, Lautrec e Gauguin.

1888 - vai para Arles; entre mais de cem telas, pinta

os Girassóis e O Quarto em Arles; Gauguin vem ao seu encontro; Van Gogh corta a orelha.

1889 - interna-se no sanatório de Saint-Rémy.

1890 - atividade febril; muda-se para Auvers; 27 de julho, suicida-se.

    foto 09